O QUE VOCÊ QUER ACHAR NO BLOG?

terça-feira, 1 de agosto de 2017

MODELO DE RELATÓRIO


Texto retirado do site http://fisica.ufpr.br/LE/

Título do experimento
Colégio Estadual Professor Edilson Souto Freire
e-mail:
Escrever aqui os nomes

Resumo

Este é o resumo do relatório. O resumo deve ser objetivo, coerente e curto, com aproximadamente 100 palavras. Com a leitura deste resumo qualquer pessoa tem que ser capaz de entender o trabalho desenvolvido pelo grupo e a que resultados chegaram. Estas instruções tem como objetivo guiá-lo na preparação de seu relatório no formato de artigo científico [2].

Palavras chave: experiência, relatório, formato (pelo menos 3)

Introdução

A introdução deve situar o leitor no assunto. Em geral, em artigos científicos, a introdução contém um histórico do que já foi desenvolvido sobre o assunto, os resultados relevantes existentes na literatura, e em função disto esta é a seção que contem o maior número de citações. Outro componente da introdução, que é o que nos interessa, é o embasamento teórico sobre o assunto estudado, isto é, onde se explica a física ou a química envolvida. Em ambos os casos isto não significa uma mera listagem de fórmulas e equações envolvidas no experimento. Na introdução deve também existir um parágrafo que relaciona o experimento feito o contexto teórico.

Procedimento Experimental

Nesta seção são descritos os procedimentos empregados para efetuar as medidas e são descritas as montagens experimentais utilizadas. Diagramas esquemáticos das experiências são bastante úteis pois facilitam a visualização. Este procedimento NÃO é uma cópia do roteiro do experimento pois o mesmo não contém detalhes relevantes que somente podem ser percebidos durante a elaboração da experiência. Lembre-se que seu leitor deve ser capaz de reproduzir o experimento a partir da leitura desta seção.

Resultados e Discussão

Esta seção é o coração do relatório. Nela são apresentados os dados obtidos em forma de tabelas, gráficos e diagramas. Lembre-se que quando o volume de dados é elevado os gráficos devem ter preferencia sobre as tabelas. Os resultados experimentais devem ser confrontados com as previsões teóricas e com os resultados existentes na literatura citada na introdução. Quando são efetuados cálculos complexos não é necessário descrever todas as etapas do processo. No caso dos resultados experimentais, dentro das estimativas de erro, apresentarem discrepâncias com as previsões teóricas o procedimento experimental deverá ser reavaliado. (isto porque no nosso caso os resultados são muito bem conhecidos) Na vida real pode ocorrer que discrepância devido à falha dos modelos teóricos existentes, ou das medidas feitas previamente. Lembre-se que toda medida experimental apresenta incerteza e portanto as contas efetuadas devem levar estas em consideração. (Ex.: Medida de uma borracha plástica efetuada com uma régua com divisão em milímetros – A = 42,0 + 0,5 mm )

Conclusão

A conclusão deve abordar brevemente o experimento efetuado, os resultados obtidos e a que conclusões estes resultados levam. Em alguns casos se discute possíveis rumos desta investigação. Comentários do tipo: “O experimento foi muito proveitoso....” e outro similares deve ser evitados.

Referências

Aqui você deve incluir as referências bibliográficas do material adicional (figuras, livros, etc.) usado para a elaboração do relatório


Veja a ABNT aqui!!!


MELHOR VÍDEO DE FÍSICA PRODUZIDO POR ALUNOS EM 2016


UM ESTUDO DE CASO SOBRE AS IMPLICAÇÕES DA ABORDAGEM AUSUBELIANA NO ENSINO DE FÍSICA


ARTIGO AQUI!

MELHOR RELATÓRIO DE FÍSICA PRODUZIDO POR ALUNOS EM 2016


VER RELATÓRIO AQUI!!!

segunda-feira, 24 de julho de 2017

ABNT NORMALIZAÇÃO

Boa noite!

Precisa formatar seu trabalho acadêmico!

CLIQUE AQUI!


UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA. Dezembro de 2012. Biblioteca Universitária . Programa de capacitação.


terça-feira, 30 de maio de 2017